sábado, 25 de junho de 2011

Manhã de sol - Kleber Nunes


 
Vejo pela fresta da janela o sol invadir meu quarto
É manhã...
Vejo nos desenhos formados pelas frestas imagens do céu
Distorcidas e lindas
Vejo o relógio ao lado da cama, mas não é ele que me acorda
Meu despertar chega com a manhã
O brilho do meu dia chega com o sol
Abro a janela e minha casa é invadida de vez
Entra o sol, entra a vida, entra o ar, entra várias possibilidades
Da minha janela aberta vejo a rua e a agitação de um novo dia
Vejo as pessoas com seus passos agitados
Todos estão com pressa, toda vez que o sol nasce, a esperança nasce também
Uma manhã de sol faz renovar, faz germinar e aquece os corações
Vejo céu azul, nuvens brancas, vento soprando as folhas das árvores e as pessoas vivendo de esperança, luz e calor
Agradeço a manhã de sol e mais um dia iluminado

Nenhum comentário:

Postar um comentário