sábado, 22 de agosto de 2015

Ter você - Kleber Nunes


 
Quanto a você
Se Deus dissesse não
Eu estaria condenado
Romperia com o criador
Morreria mil vidas 

Ter você sou eu
Meu espelho te reflete
De tanta adoração
Minha essência confunde-se com a tua 

Mar de azul hipnotizante
Noite prateada de luar
Todo mel
Tudo é nada sem você

 Teu corpo é meu templo
Teu sorriso a salvação
Tuas mãos minha bússola
Teu beijo me faz vivo 

Ter você é meu princípio
Meu meio
Minha perpetuação
Minha razão 

Com você sou insano e sóbrio
Amigo e amante
Santo e profano
Sou completo
 
 

Amor - Kleber Nunes



 
Amor que aprisiona é posse
Posse é egoísmo
Egoísmo é covardia
Covardia não é amor 

Amor que impõe é injusto
Injustiça é triste
Tristeza faz sofrer
Sofrimento não representa amor

 Amor que não se entrega é estéril
Esterilidade limita
Limitação incomoda
Incomodo não é amor

 Amor é sagrado
Sagrado é eterno
Eterno é Deus
Deus é amor
 
 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Sonhos empoeirados - Kleber Nunes




Sonhava
E nada era impossível
Amei o quanto pude
E nada era desamor
Doces sonhos...
Mas não passaram de sonhos
Envelheceram comigo
De tanto esperar empoeiraram
Desistiram de mim
Deixaram-se levar
Em busca de alguém com coragem de materializá-los
Acolhê-los
E deixá-los viver
Fui covarde
E o que sobrou foi a angustia
De não tê-los comigo
E saber que alguns jamais voltarão
 
 

segunda-feira, 10 de agosto de 2015

Loucura - Kleber Nunes


 
E disse a sanidade à loucura
Ai do mundo quando ecoa tua voz
Torna-se a mente obscura
Torna-se o homem feroz
 
E tornou a sanidade a dizer
Todo flagelo reside em teu seio
Conviver com você é morrer
Um abismo sem fim de devaneios
 

Então retrucou a loucura
Que voz ecoa mais alto no mundo?
Dos loucos sedentos de cura?
Não! Loucos são ignorados no mundo
 

E tornou a loucura a dizer
Se os sãos governam o mundo
Por que cresce a angustia do ser?
Por quê?
 

O são quer ser livre
E se cansa da liberdade
Quer ser belo
E nunca está satisfeito
Trabalha demais
E a vida passa...
 

O louco não quer ser são
E por ser louco sente-se livre
Sente-se belo
Satisfeito
Também trabalha
E a vida passa...
 

Se a vida passa para ambos
E daí?
 

 

domingo, 26 de julho de 2015

Razão e Sentimentos - Kleber Nunes






Duelam a razão e os sentimentos
Enquanto a razão pondera
Julga e procura conduzir
Os sentimentos contentam-se em fluir
Valorizam as sensações
Entregam-se
Se a razão representa terra firme
Os sentimentos representam acalanto para o coração
Por que terra firme sem amor também é árida
Não germina
Morre...

sexta-feira, 26 de junho de 2015

Despertar – Kleber Nunes





Não importa o tempo
E nunca será tarde
Despertamos
E despertamos porque cansamos
E cansamos porque evoluir exige esforço
Renúncia
Empatia
Dor
Amor...
O despertar acontece
Quando encaramos o espelho sem medo
Enxergamos anjos e demônios
E fazemos nossas escolhas